domingo, 6 de maio de 2018

As melhores prendas para uma despedida de solteira




A sua melhor amiga vai casar? Então, é altura de começar a planear a despedida de solteira! Se precisa de uma mãozinha, deixamos aqui algumas das melhores prendas para oferecer durante a despedida de solteira…

Lingerie!

Claro que a lingerie não podia faltar! Apesar de parecer a prenda mais óbvia, a noiva vai precisar de lingerie adequada para usar debaixo do vestido, na noite núpcias e durante a lua de mel. Não há melhor maneira de entrar numa nova etapa da relação do que com uma nova colecção de roupa interior sexy e atrevida: pergunte a quem quiser. Caso se trate da sua melhor amiga e conheça alguns dos hábitos e fantasias do casal, então pode até escolher um conjunto com ligas ou corpete.




Produtos eróticos

Há quem diga que um casal em lua de mel não precisa de nenhum afrodisíaco. Mas agora que quase todos os casais já vivem juntos antes de dar o grande passo, a lua de mel é mais uma oportunidade de fugir à rotina e experimentar coisas novas. Com essa filosofia em mente, pode oferecer algemas, massajadores, óleos de massagem, lubrificantes, anéis com vibração ou até uma edição do Kama Sutra (consegue pensar num livro melhor para levar na bagagem de férias?).




Produtos de beleza

Se não tem à-vontade para oferecer lingerie ou produtos eróticos à noiva, então os produtos de beleza são uma aposta segura. Quase todas as mulheres gostam de ter um bom creme hidratante, por exemplo, produtos de banho hidratantes e relaxantes ou até mesmo óleos de massagem e velas aromáticas. As melhores marcas de cosméticos costumam ter já “kits” prontos com diversos produtos da gama, por isso pode ir directamente à loja favorita da sua amiga: sucesso garantido!



Produtos para o casal

Não devemos confundir as prendas da despedida de solteira com as prendas de casamento mas, se está mesmo sem ideias, o caminho pode ser por aqui. Dificilmente a noiva rejeitará ofertas que se destinam a facilitar o dia a dia do casal, como materiais de cozinha, livros de receitas, ajuda para decorar a nova casa ou acessórios para fazerem exercício em conjunto.

sexta-feira, 4 de maio de 2018

Quando é que devo fazer fisioterapia?

Se já sofreu alguma espécie de lesão, quase de certeza que já lhe recomendaram fazer fisioterapia. Mas será a fisioterapia realmente necessária? Quando é precisa de um fisioterapeuta e quando é que a fisioterapia é excesso de zelo? Ficará surpreendido ao descobrir que a fisioterapia tem poucos (ou nenhuns) efeitos indesejáveis: portanto, qualquer pessoa pode beneficiar de algumas sessões em algum momento das suas vidas.

1. Depois de sofrer uma contusão ou lesão física. Não é por acaso que as equipas de futebol contratam os melhores fisioterapeutas no país. Depois de sofrer uma lesão grave, a fisioterapia é uma grande parte da recuperação e contribui para diminuir as chances de ficar com sequelas.

2. Depois de sofrer um acidente vascular cerebral. A fisioterapia também é indicada para quem sofreu um acidente vascular cerebral, pois ajuda a ganhar novamente controlo sob os músculos do corpo e a corrigir, até certo ponto, sequelas que possam permanecer.

3. Má postura. A boa postura não é só uma questão social. Quando temos má postura estamos a magoar o nosso próprio corpo e a hipotecar uma forma de envelhecer elegante e saudável. No entanto, algumas sessões de fisioterapia podem ajudar a corrigir a má postura e a prevenir problemas graves, sobretudo nas costas.

4. Problemas respiratórios crónicos. Muitos terapeutas e médicos sugerem que a fisioterapia ajuda a lidar com complicações respiratórias, pois os pacientes aprendem a tirar o máximo proveito da sua caixa de ar, a compor a postura e a respirar melhor.

5. Gravidez. Gravidez não é doença, mas exige alguns cuidados. Como a gravidez exige muito do corpo da mulher grávida, as sessões de fisioterapia podem ser benéficas para corrigir a postura, respirar melhor e lutar contra as estrias. Além disso, as técnicas de relaxamento ajudam a que a grávida se sinta mais tranquila.

Se está à procura de um terapeuta, comece por procurar entre as diversas clínicas de fisioterapia em Lisboa. No entanto, também há excelentes fisioterapeutas com o seu próprio consultório: peça recomendações a amigos, procure na zona da cidade que lhe é mais conveniente e tire as suas próprias conclusões.