terça-feira, 21 de julho de 2009

Curiosidades sobre Beijos

* Beijar ajuda a relaxar e a reduzir os efeitos do stress.
* Durante o acto do beijo colocas 29 músculos faciais em movimento. Por outras palavras, o beijo pode ser usado como exercício eficiente para prevenir o aparecimento de rugas.
* Um beijo romântico rápido queima entre uma e três calorias. Um beijo de boca aberta com contacto de língua de curta duração pode queimar cinco calorias. Um beijo de um minuto pode gastar até 26 calorias. Isso é o dobro do gasto de uma corrida intensa, na subida.
* Quem beija troca saliva contendo diversas substâncias como gordura, sais minerais, proteínas, etc. A troca destas substâncias pode incentivar a produção de anticorpos pela sua relação com antígenos associados a diferentes doenças.
* Beijar ajuda a prevenir cáries, pois aumenta a produção de saliva que colabora na limpeza da boca.
* Beijar apaixonadamente 90 segundos eleva a pressão sanguínea e causa aceleramento cardíaco.
* Estima-se que os homens que beijam as suas mulheres antes de sair de casa, vivem cinco anos mais e ganham salários maiores do que aqueles que apenas batem a porta. Os homens da última categoria também tendem a sofrer mais acidentes de trânsito.
* Uma pessoa comum passa 20.160 minutos (14 dias) da sua vida a beijar.
* Os esquimós, polinésios e malásios esfregam os narizes em invés de beijar.
* Mas ao contrário da crença popular os esquimós não esfregam apenas os narizes uns contra os outros para mostrar afecto e amor. Assim que os narizes se encontram, eles abrem um pouco a boca. Em seguida, inspiram profundamente e soltam o ar pelo nariz, com os lábios cerrados. Depois de saborear os aromas uns dos outros, os parceiros pressionam o nariz contra as bochechas uns dos outros e ficam parados nessa posição por um ou dois minutos.
* Os antigos romanos beijavam uns aos outros nos olhos ou na boca como cumprimento.
* Na Rússia, o maior sinal de reconhecimento era um beijo do Czar.
* A etiqueta vitoriana exigia que o homem se curvasse para beijar a mão das damas.
* Nos EUA os beijos nas bochechas só são dados por pessoas íntimas e não é o cumprimento padrão como no Brasil ou na Europa.
* Em algumas tribos africanas presta-se homenagem ao chefe ao beijar o chão por onde ele passou.
* O beijo mais longo durou 31 horas e foi realizado para um programa de televisão chamado “Ricki Lake” em 2002, na cidade de New Jersey.
* Em alguns locais ou certas ocasiões beijar é crime. Nos EUA, no estado de Indiana, é ilegal que um homem de bigode “beije habitualmente seres humanos”, na cidade de Hartford, Connecticut, é ilegal que um marido beije a esposa no domingo.
* Beijar em público não é bem visto no Japão, Taiwan, China e Coreias. Os beijos japoneses típicos são ‘beijocas’ para nós e parecem ter sido criados para censurar a ‘perda da moral’ do ocidente. Um casal japonês deve manter certa distância antes de se curvarem ou de ousar se curvar para encostarem os lábios por um segundo.
* Nos tempos medievais os beijos eram levados a sério. Se um casal era apanhado aos beijos podia ser obrigado a casar.
* Estudos indicam que 66% das pessoas mantêm os olhos fechados enquanto beijam.
* Uma mulher beija uma média de 80 homens antes de casar, de acordo com estatísticas estado-unidenses.
* O prazer do beijo pode estar ligado ao facto do tacto labial ser duzentas vezes mais sensível do que o tacto nos dedos.
* O beijo de língua é chamado de “união de almas” na França. Comumente os franceses são atribuidos pela invenção deste tipo de beijo.
* ‘Beijo de borboleta’ é o nome dado a uma espécie infantil de beijo onde se esfrega suavemente os cílios no nariz ou bochechas de outra pessoa, com o movimento da pálpebra.
* Os corpos das pessoas, enquanto ocorre o beijo, produzem substâncias 200 vezes mais poderosas do que a morfina em termos de efeito narcótico. É por isso que um casal pode sentir euforia ou êxtase durante um beijo.
* Metade das pessoas tem o seu primeiro beijo amoroso antes dos 14 anos de idade.
* Os Hershey’s Kisses têm este nome, porque a máquina que os fabrica parece beijar a esteira transportadora ao depositar o chocolate.
* A ciência que se dedica a estudar os beijos é a filematologia, e o medo de beijar é a filemafobia.

1 comentário:

A∂яเэℓℓý← disse...

adorei!!!
tambem tenho um blog entra la "siga"
soparameninas-belasgirls.blogspot.com
bjuu...