segunda-feira, 26 de novembro de 2007

POSTAIS NATAL

Uma data tão especial como o Natal exige um postal à altura!

Por isso, nada como surpreender com um postal electrónico ao invés de um postal tradicional em cartão! E entre os postais electrónicos, claro escolher os melhores!

Nos sites Postais.de (www.postais.de) e Postais.net (www.postais.net) destaca-se uma colecção de postais natalícios bastante variada, composta por fotografias, animações e cartoons!

Descobre os sites onde os postais de Natal são um verdadeiro presente especial!
Boas Festas!

SMS Natal

O Natal é aquela altura do Ano em que temos sempre algo a dizer aos colegas, amigos e familiares, mas nem sempre sabemos bem o quê!
Para que nesta quadra não falte a inspiração aqui seguem alguns exemplos de mensagens de Natal:

Amizade
- Os verdadeiros amigos são como as estrelas, nem sempre os vês mas estão sempre lá. Feliz Natal!
- Está é a tua época, afinal os anjos são figuras características do Natal!

Românticas
- Se um homem gordo, velho, vestido de vermelho te tentar embrulhar não resistas... fui eu que já escolhi a prenda deste natal.
- Podes me dar uma fotografia tua??? É que este ano quero mostrar ao Pai Natal o que mais desejo!

Divertidas
- Este Natal preciso que peças 3 dias de Dezembro ao teu patrão. Sabes porquê? Vou fazer um presépio e falta me o burro. Feliz Natal!

- Quando te sentires a pessoa mais infeliz do mundo, lembra-te que um dia foste o espermatozóide mais rápido do grupo! Feliz Nata!

sexta-feira, 23 de novembro de 2007

SMSFIXE.NET: O SITE DAS SMS ESTE NATAL

O Smsfixe.net (www.smsfixe.net), site da rede Fixe.com lançado em Março de 2001, é já uma forte referência no mercado nacional, no que se refere à troca e envio de mensagens escritas. Com uma base de dados com perto de 5.000 SMS, distribuidas por 20 categorias, este Natal o site garantirá um serviço de qualidade, constando já na sua base de dados mais de 140 SMS natalícias.

O site é visitado diariamente por cerca de 4.000 visitantes, valor que tende a aumentar significativamente na quadra natalícia e épocas festivas, chegando a registar-se um fluxo de 20 mil utilizadores no dia 24 e 31 de Dezembro. Em 2006, o número de páginas visualizadas foi de 8 milhões, valor prestes a ser ultrapassado em 2007 (fonte: Google Analytics).

Face às necessidades dos visitantes do site, para além das mensagens escritas, no Smsfixe.net poder-se-á aceder a um serviço de download de toques, jogos e imagens para telemóvel, optar por consultar o Horóscopo e ainda participar em sorteios para envio de SMS grátis.

Nesta quadra festiva, o Smsfixe.net revela-se uma óptima opção para quem procura mensagens escritas originais, divertidas, irónicas e até mesmo as tradicionais mensagens de Natal.

quinta-feira, 15 de novembro de 2007

Postais.net: O espaço dos postais electrónicos

Acaba de ser lançado o site Postais.net (www.postais.net), uma plataforma de postais electrónicos, que promete fazer furor.

Uma colecção com cerca de 2.000 postais encontra-se agora disponível, destacando-se postais animados, animações em flash, cartoons e fotografias. A oferta encontra-se segmentada em 26 categorias, entre as quais, uma categoria especialmente dedicada ao AMOR, onde encontras vários postais românticos.

Alguns exemplos:

Descobre muitos mais e diverte-te a enviar postais com mensagens sugestivas à tua cara metade!

terça-feira, 6 de novembro de 2007

Prendas Românticas para este Natal...

O Natal está a aproximar-se e nada como surpreenderes a tua cara metade com uma prenda especial!

A regra de ouro é: Quanto mais personalizada for a tua prenda mais simbolismo ela tem! Por isso, se és talentoso (a) arranja forma de gerires o teu tempo e preparares uma prendinha especial! Basta um postal com uma imagem dos dois, para que tudo tenha um significado ainda mais precioso!
Outras coisas que podes preparar são:

- Um quadro/ Tela com colagens de fotos vossas! Podes inclusive recortar palavras de revistas e escrever Palavras como Amor, Paixão... Ou até mesmo colocar citações! O resultado final é único, exclusivamente fruto da tua imaginação!

- Porque não reunes as vossas fotos num album e atribuis a cada uma uma nota ou fazes uma montagem, enquanto relatas a vossa história de amor?

- Podes sempre optar também por fazer um pequeno vídeo com várias fotos/vídeos vossos! Programas simples como o Movie Maker, já permitem fazer imensa coisa! E claro escolhe uma Banda Sonora à altura! O resultado é muito especial!

- Outra opção é ainda comprares ou preparares (escolher papel e mandar encadernar) um pequeno diário/ Bloco de Notas, com citações românticas, fotos, poemas... Tudo o que te lembrares! Claro que podes comprar um bloco já feito e deixar apenas uma dedicatória na primeira página...

São várias as coisas que podes fazer e que acabam por dar um toque muito mais romântico ao Natal!

terça-feira, 16 de outubro de 2007

Versos de Amor

"Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?"

Fernando Pessoa


"O verdadeiro amor nunca se desgasta. Quanto mais se dá mais se tem."

Saint-Exupèry


"No amor ninguém pode machucar ninguém; cada um é responsável por aquilo que sente e não podemos culpar o outro por isso... Já me senti ferida quando perdi o homem por quem me apaixonei... Hoje estou convencida de que ninguém perde ninguém, porque ninguém possui ninguém... Essa é a verdadeira experiência de ser livre: ter a coisa mais importante do mundo sem possuí-la."
(11 Minutos)
Paulo Coelho

"Duvida da luz dos astros,De que o sol tenha calor,Duvida até da verdade,Mas confia em meu amor."
William Shakespeare

"Purifica o teu coração antes de permitires que o amor entre nele, pois até o mel mais doce azeda num recipiente sujo"
Pitágoras

segunda-feira, 6 de agosto de 2007

Para sempre Cinderela

Um filme inspirado num dos mais belos contos de fadas de sempre!
Trama
Bem, tudo se passa na França do século XVI. Cinderela (Drew Barrimore) apaixona-se pelo herdeiro do trono real (Dougray Scott). A sua cruel madastra (Anjelica Huston) e a sua filha (Megan Dodds) vão infernizar a existência da pobre protagonista. Elas vão fazer de tudo para que a não tão meiga e não tão doce Cindelera vá ao baile e encontre o príncipe.

Verdade seja dita nunca se viu uma Cinderela tão decidida e destemida nas telas. Ela parte para o ataque, salva o príncipe dos bandidos, tudo para mostrar que as mulheres são mais inteligentes e responsáveis que os homens. Aliás, a candidata a princesa é tão para frente que seria capaz de acusar o príncipe de assédio sexual se ele a beijasse antes do casamento.

segunda-feira, 16 de julho de 2007

Para quem ainda acredita no amor...

Actualmetente uma série de pessoas optam por se focar ou na sua carreira profissional ou em vários outros projectos para assim tentar justificar a falta de tempo para o amor...
Ora, tal deve-se ao facto de pura e simplesmente o amor nos preocupar mais do que pretendemos, de nos consumir, de querermos ter alguém com quem fazer aqueles programinhas especiais e poder contar e partilhar confidências com os amigos.
O que também acontece e é incontestável, é que muitas pessoas vivem felicissimas porque têm uma cara-metade, um namorada, mas pouco sabem de amor, talvez um pouco de Paixão. O namorado/a serve para assumir um determinado papel e para determinar a nossa agenda e não mais do que isso...
Tudo isto perde sentido quando nos interrogamos, mas o que é o Amor? O que me faz imaginar velhinha ao lado dele/a? O que me faz querer gritar para todos ouvirem e testemunharem: "Eu Amo-te!".
A verdade, é que apesar de todas as citações existente, a meu ver não existe uma que por si só tenha o poder de definir a intensidade, profundidade e megalomania do amor. Porque sim, o amor é totalitário, exige toda a nossa atenção, exige todo o nosso empenho, exige que sejamos felizes... E quem não quer ser feliz? quem não quer ter o poder de desempenhar um papel realmente importante na vida de outra pessoa?
Quem o nega, certamente nunca amou verdadeiramente ou amou e não se sentiu amado.
Todos os que amam, todos os que acreditam no amor, todos os que dizem que não precisam de amor... Namorem, amem e sejam felizes!

segunda-feira, 2 de julho de 2007

A Ciência do Amor

As mãos começam a suar, o coração bate mais rápido, é difícil até controlar as pernas. O amor mexe com homens e mulheres. Mas, diante da rejeição e da perda, pode provocar depressão, ódio ou levar o apaixonado a cometer um crime. Esse estranho sentimento tem uma explicação neurológica, e cientistas norte-americanos dizem ter descoberto o segredo. Eles mapearam o cérebro de 17 estudantes envolvidos nas primeiras semanas ou meses de uma nova paixão. Por meio de ressonância, conseguiram detectar hiperactividade em algumas regiões do órgão. Enfim, puderam explicar cientificamente o amor.

A antropóloga Helen E. Fisher, co-autora da pesquisa e membro da Rutgers University (New Jersey), comentou que pela primeira vez, foi possível estudar os estágios iniciais do amor romântico - dissociado do desejo sexual. Descobrimos que o amor romântico não se origina no centro das emoções no cérebro, disse. 'Ele surge a partir de áreas associadas à recompensa, à vontade de ganhar um prémio.

Segundo a cientista, essas regiões - conhecidas por área tegmental ventral (VTA, pela sigla em inglês) e núcleo caudato - são activadas pelo uso de drogas, pelo impulso de ganhar dinheiro e pelo simples sabor do chocolate, por exemplo. A VTA e o núcleo caudato situam-se na região central do cérebro e estão mais próximos das áreas relacionadas à fome, sede e ao vício em drogas, e não daquelas responsáveis por registrar excitação e afecto.

Os pesquisadores analisaram mais de 2,5 mil imagens de cérebros dos voluntários. Ao serem submetidos ao equipamento de ressonância magnética, os estudantes puderam apreciar a fotografia de seu novo amor. Os cientistas mapearam o cérebro dos mesmos alunos, quando examinavam fotos de parentes.

Os estudiosos encontraram no cérebro dos recém-apaixonados intensa actividade na área tegmental ventral e no núcleo caudato, ricos em dopamina e em opiáceos. Essas reacções actuam no inconsciente da pessoa e podem ser activadas a qualquer momento, revela Lucy Brown, do Albert Einstein College of Medicine (New York). Aplicámos ainda um questionário aos voluntários, para detectar o índice de paixão.

Segundo Helen E. Fisher, a activação das áreas do cérebro ligadas à recompensa ajuda a explicar por que o amor pode viciar tanto. 'O amor dói. Isso também ajuda a entender porque algumas pessoas se suicidam, matam ou entram em depressão profunda diante de uma rejeição, afirma. A cientista explicou que a motivação produzida pela actividade cerebral é bastante primitiva e chega a ser mais intensa que as emoções. 'O amor é mais forte do que as drogas', admite Fisher.

quinta-feira, 28 de junho de 2007

Contos de Fadas



A bela Adormecida...

Esta inesquecível história é uma arrebatadora combinação de romance, emoção e aventura. Era uma vez uma bela e bondosa princesa chamada Aurora que teve a infelicidade de provocar a inveja de uma diabólica feiticeira, Maléfica.

Um encantador trio de fadas boas fazem o seu melhor para proteger a amada Princesa - mas nem a sua magia consegue sobrepor-se ao poder da mais malvada de todas as feiticeiras. Quando Aurora, fadada por uma terrível maldição ao picar o seu dedo num fuso, cai num sono eterno, cabe ao corajoso príncipe Filipe enfrentar um sem fim de perigos - que culmina numa heróica luta contra um feroz dragão que cospe fogo - de modo a salvar a bela adormecida!


A Pequena Sereia...


Ariel, a divertida e brincalhona sereia, parte para a aventura da sua vida com o seu melhor amigo Linguando e Sebastião a seu lado. Mas irá ser necessária toda a sua coragem e determinação para tornar os seus sonhos realidade e salvar o reino do seu pai, da bruxa do mar, Úrsula. O amor pelo príncipe Eric faz com que abdique da vida no fundo do mar e visite o mundo dos humanos.

terça-feira, 26 de junho de 2007

Sonhos de Amor

É comum termos sonhos relacionados com o amor e realções amorosas. Mas saberás qual o significado de cada sonho?

segunda-feira, 25 de junho de 2007

Tipos de beijo

Há beijos fingidos ou frios, ardentes, por obrigação ou superdesejados. Existem, enfim, milhares de formas de beijar e neste assunto sempre haverá o que aprender.

Depois de muitos olhares e palavras, o beijo é o primeiro passo para o contato físico. Por isso é superimportante que você saiba dar beijos adequados para cada momento e, também, saiba bem como beijar.

Tipos de beijos...

Beijo comprido esquerdo — Usual na Índia. Segue carinhosamente o canto da boca. É um bom beijo de entrada para quase todos os beijos.

Beijo Rodin — É o mais perfeito de todos. Nele existe pureza, ternura, sensualidade, proteção e ambos os amantes desejam o beijo.

Frontal com ponta — a ponta da língua faz movimentos para cima e para baixo lentamente, podendo tocar as gengivas.

Inferior com mordida superior que desliza — Vem da Índia. Uma boca beija o lábio superior, enquanto a outra morde levemente o inferior. Uma das modalidades do beijo que os homens japoneses davam nas gueixas. Além de sensual, estimula o fluxo sangüíneo e relaxa. É a seqüência do mesmo beijo, ao estilo japonês, que começa na nuca, segue para o canto da boca até o encontro dos lábios.

Beijo anestesia — Pressionar fortemente a língua na gengiva da outra pessoa. Peça para ela respirar profundamente. O céu da boca ficará anestesiado.

Beijo vampiro — Deixe marcas, em geral, utilize os dentes nos lábios e nas regiões em torno da boca.

Selo seco esquerdo — Um pequeno beijo no canto esquerdo da boca. Pode ser acompanhado de uma introdução da língua.

Beijo direto — Quando os lábios dos dois amantes entram em contato directo. Não expressa paixão intensa, mas afeição num estágio inicial do desejo.

Inclinado xis — Os parceiros inclinam as cabeças para o lado, formando um X. Permite o máximo contato labial e a penetração profunda da língua.

Beijo biberão — Um dos parceiros coloca os lábios ao redor da boca e começa a sugá-los para dentro da boca, como um bebê a beber biberão.

Branca de Neve — Beijo doce e clássico, que pode e deve ser dado a qualquer momento.

Beijo inferior invertido — Beijo dado de cabeça para baixo, pressionando os lábios no lábio inferior da boca.

Beijo no queixo — Comum na Índia. Pode vir acompanhado de uma mordida leve, considerada extremamente sensual.

Invertido com língua profunda — Aqui a diferente textura da língua, já que ambas se tocam com a parte superior dela, proporciona a novidade.

My girl

I've got sunshine
On a cloudy day.
When it's cold outside,
I've got the month of May.

Well, I guess you'll say
What can make me feel this way?
My girl. (My girl, my girl)
Talkin' 'bout my girl. (My girl)

I've got so much honey
The bees envy me.
I've got a sweeter songThan the birds in the trees.

Well, I guess you'll say
What can make me feel this way?
My girl. (My girl, my girl)
Talkin' 'bout my girl. (My girl)

Ooooh, Hoooo.

Hey, hey, hey.
Hey, hey, hey.

I don't need no money,
Fortune or fame.
I've got all the riches, baby,
One man can claim.

Well, I guess you'll say
What can make me feel this way?
My girl. (My girl, my girl)
Talkin' 'bout my girl. (My girl)

Talkin' bout my girl.
I've got sushine on cloudy day
With my girl.
I've even got the month of MayWith my girl.

sexta-feira, 15 de junho de 2007

Músicas Românticas

Se é um (a) romântico (a) e não dispensa no seu repertório de músicas algumas baladas, aqui fica a listagem das músicas mais românticas de todos os tempos segundo uma sondagem do New York Daily News!

Aqui fica o TOP 20

1- My Girl - The Temptations
2-
I'll Be There - The Jackson 5
3- Wonderful Tonight - Eric Clapton
4- I Just Called to Say I Love You - Stevie Wonder
5- You Are So Beautiful - Joe Cocker
6- In My Life - The Beatles
7- The First Time Ever I Saw Your Face - Roberta Flack
8- Are You Lonesome Tonight? - Elvis Presley
9- Michelle - The Beatles
10- I Can't Stop Loving You - Ray Charles
11- Best of my Love - The Emotions
12- Bridge Over Troubled Water - Simon & Garfunkel
13- All I Have to Do is Dream - The Everly Brothers
14- You've Got a Friend - Carole King
15- Killing me Softly with his Song - Roberta Flack
16- To Sir With Love - Lulu
17- Sherry - The Four Seasons
18- Crazy Little Thing Called Love - Queen
19- Unchained Melody - The Righteous Brothers
20- Save the Last Dance for Me - The Drifters

quarta-feira, 23 de maio de 2007

Frases para Conquistar!

"Se todas as vezes que eu fechar os os olhos, ganhasse um beijo teu, fecharia os olhos eternamente."

"De que vale o delírio dos olhos, se eles se fecham quando os lábios se tocam?"

"Se pensas que te amo, se pensas que eu choro por ti, se pensas que eu te quero e não vivo sem ti, pensas bem!"

"És como as estrelas, posso amá-las mas não posso tocá-las nem tê-las."

"O momento mais forte do amor, é quando sabemos que ele precisa morrer, mas não temos força para matá-lo."

"Em cada momento, um instante, Em cada instante, uma afirmação. Em cada afirmação, uma certeza de que jamais te tiraria do meu coração."

"Eu queria ser invisível, para no teu quarto entrar e no silêncio da noite, os teus lábios beijar."

"Vivo no mundo da lua, pois lá é mais fácil pensar em ti."

quarta-feira, 2 de maio de 2007

O que é o Amor?

A palavra amor pode significar afeição, compaixão, misericórdia, ou ainda, inclinação, atração, apetite, paixão, querer bem, satisfação, conquista, desejo, libido, etc.

O conceito mais popular de amor envolve, de modo geral, a formação de um vínculo emocional com alguém. Neste sentido, fala-se do amor das mais diversas formas: amor físico, amor platônico, amor materno, amor a Deus, amor à vida.

Amar também tem o sentido de gostar muito, sendo assim possível amar qualquer ser vivo ou objecto.

terça-feira, 24 de abril de 2007

Como é sentido o amor?

Um estudo desenvolvido pela Universidade de Cambridge traçou há décadas atrás o perfil dos apaixonados.

O resultado mostrou algo que os filósofos gregos já apontavam nas suas obras. De facto, há aqueles que amam com o fogo de Eros ou de forma incondicional, como as mães.

O problema é que ao longo da vida esses sentimentos podem se confundir e deixar o “apaixonado” completamente desnorteado. Não há regras prontas para definir o que fazer nessa hora. O importante é reconhecer que somos capazes de nutrir diversos tipos de amor pelas pessoas.

quarta-feira, 28 de março de 2007

Tenho Por ti uma Paixão...

Tenho por ti uma paixão
Tão forte tão acrisolada,
Que até adoro a saudade
Quando por ti é causada

Que filtro embriagante
Me deste tu a beber?
Até me esqueço de mim
E não te posso esquecer...

Beija-me as mãos, Amor, devagarinho...
Como se os dois nascêssemos irmãos,
Aves, cantando, ao sol, no mesmo ninho...

Beija-mas bem!...Que fantasia louca
Guardar assim, fechados, nestas mãos,
Os beijos que sonhei pra minha boca!...
Florbela Espanca

quarta-feira, 24 de janeiro de 2007

Amor Poliglota...

Para que a linguagem nunca seja uma barreira nos assuntos do coração, aprende a dizer "amo-te" em várias línguas... Para assim puderes surpreender aquela pessoa especial, seja qual for a língua que ela falar!

Declara-te!


Amo-te em...

Árabe - Ohiboke (do homem para a mulher)
Árabe - Ohiboka (da mulher para o homem)
Alemão - Ich liebe Dich
Búlgaro - Obicham te
Cantonês - Ngo oi ney
Dinamarquês - Jeg elsker dig
Eslovaco - lubim ta
Espanhol - Te amo
Espanhol - Te quiero
Esperanto - Mi amas vin
Finlandês - Mina" rakastan sinua
Francês - Je t'aime
Galês - 'Rwy'n dy garu di
Húngaro - Szeretlek
Hebraico - Ani ohev otach (do homem para a mulher)
Hebraico - Ani ohevet otcha (da mulher para o homem)
Holandês - Ik ben verliefd op je
Holandês - Ik hou van jou
Inglês - I love you
Iraniano - Mahn doostaht doh-rahm
Irlandês - taim i' ngra leat
Islandês - Eg elska thig
Italiano - ti amo
Japonês - Aishiteru
Javanês - Kulo tresno
Klingon -qabang qaparHa' (depende da galáxia em que você está)
Latim - Te amo
Libanês - Bahibak
Mandarin - Wo ai ni
Mohawk - Konoronhkwa
Navaho - Ayor anosh'ni
Norueguês - Eg elskar deg
Português - Amo-te
Português (Brasil) - Eu te amo
Russo - Ya polubeel s'tebya
Russo - Ya tebya liubliu
Russo - Ya vas liubliu
Sueco - Jag a"lskar dig
Tcheco - miluji te
Turco - Seni Seviyorum
Vietnamita - Toi yeu em
Yiddish - Ich libe dich
Zulu - Mena Tanda Wena

Frases de Amor...

Há quem acredite que "as mais belas frases de amor são ditas no silêncio de um olhar"... Para todos aqueles que acreditam que um bela frase, dita no momento oportuno pode tornar qualquer situação intemporal e inesquecível, ficam aqui as nossas sugestões!

Declara-te!

Frases de Amor


Quem disser que pode amar alguém pela vida inteira é porque mente."

Florbela Espanca


"Amor é fogo que arde sem se ver. É ferida que dói e não se sente."
Luis de Camões


"O amor é uma luz que não deixa escurecer a vida."

Camilo Castelo Branco


"Quem não considera os defeitos do ser amado como virtude, não ama."

Goethe


"Amor: uma perigosa doença mental"

Platão


"O amor pode fazer um cão ladrar em versos."

John Fletcher


"Como são sábios aqueles que se entregam às loucuras do amor!"

Joshua Cooke

História de Amor...

O amor é certamente o tema mais explorado e, por certo, aquele que mais inspirou e inspira grandes artistas e escritores.

As grandes histórias de Amor dão alento aos comuns corações, que batem por um toque especial, por uma troca de olhares, por um beijo terno que pare o tempo!

O poeta disse que o "sonho alimenta a vida", acredito que o amor, ou sonhar com o amor é que alimenta a vida!

Pedro & Inês de Castro


Inês de Castro chegou a Portugal em 1340, integrada como aia no séquito de Constança Manuel, filha de João Manuel de Castela, um poderoso nobre descendente da Casa real Castelhana, que iria casar com o príncipe Pedro, herdeiro do trono Português.

O príncipe apaixonou-se por Inês pouco tempo depois, negligenciando a mulher legítima, Constança, e pondo em perigo as débeis relações com Castela. Tentando separar Pedro e Inês, Constança convida Inês como madrinha do seu primeiro filho varão, o Infante Luís (1343), já que de acordo com os preceitos da Igreja Católica de então, uma relação entre um dos padrinhos e um dos pais do baptisando era quase incestuosa. A criança não durou um ano, o que fez aumentar as desconfianças em relação a Inês de Castro.

Sendo o romance adúltero vivido às claras, o rei Afonso IV (que havia promulgado leis contra este tipo de situações) manda exilar Inês no castelo de Albuquerque, na fronteira espanhola, em 1344. No entanto, a distância não apagou o amor entre os dois apaixonados e, segundo a lenda, continuavam a corresponder-se com frequência. Em Outubro do ano seguinte, Constança morre ao dar à luz o futuro Fernando I de Portugal, deixando Pedro viúvo e um homem livre. Inês volta do exílio e os dois foram viver juntos para longe da corte, tendo tido quatro filhos: Afonso (morto em criança), João, Dinis e Beatriz.

Afonso IV tentou por diversas vezes organizar um terceiro casamento para o seu filho, com princesa de sangue real, mas Pedro recusa tomar outra mulher que não Inês. O velho Rei receava a influência da família de Inês, os poderosos Castro, no seu filho e herdeiro; além disso, o único filho varão de Pedro e Constança Manuel, Fernando, era uma criança frágil, e crescia a insegurança em relação à sua vida para que um dos saudáveis filhos de Inês de Castro pudesse ocupar o trono. A nobreza portuguesa também começava a inquietar-se com a crescente influência castelhana sobre o futuro rei.

O rei Afonso IV decidiu então que a melhor solução seria eliminar Inês. Depois de alguns anos no Norte, Pedro e Inês haviam regressado a Coimbra e se instalado no Paço de Santa Clara.

A 7 de Janeiro de 1355, o rei cede às pressões dos seus conselheiros, e aproveitando a ausência de Pedro numa excursão de caça, envia Pêro Coelho, Álvaro Gonçalves e Diogo Lopes Pacheco para executar Inês. Os três dirigiram-se ao Mosteiro de Santa Clara em Coimbra, onde Inês se encontrava e degolaram-na. Tal facto, segundo a lenda, terá originado a cor avermelhada das águas que correm nesse local da Quinta das Lágrimas.

A morte de Inês fez com que Pedro se revoltasse contra Afonso IV, que responsabilizou pela morte e provocou uma sangrenta guerra civil (nunca foi). A Rainha Beatriz interveio e após meses de luta, a paz foi selada em Agosto de 1355.

Pedro tornou-se o oitavo rei de Portugal em 1357. Em Junho de 1360 faz a famosa declaração de Cantanhede, legitimando os filhos ao afirmar que se havia casado secretamente com Inês, em 1354 "...em dia que não se lembrava...". A palavra do rei, e de seu capelão foram a única prova deste casamento. Pedro perseguiu os assassinos de Inês, que tinham fugido para Castela. Pêro Coelho e Álvaro Gonçalves foram apanhados e executados (segundo a lenda, o Rei mandou arrancar a um o coração pelo peito e ao outro pelas costas, e assistiu à execução enquanto se banquetava). Diogo Lopes Pacheco conseguiu escapar para França, e foi mais tarde perdoado pelo Rei no seu leito de morte.

Pedro mandou construir dois esplêndidos túmulos no mosteiro de Alcobaça, um para si e outro para onde trasladou os restos de sua amada Inês. Pedro juntou-se a Inês em 1367, e os restos de ambos jazem juntos até hoje, frente a frente, para que, segundo a lenta "possam olhar-se nos olhos quando despertarem no dia do juízo final".

Inês de Castro tornou-se conhecida ao ter a sua história lembrada por Camões no Canto III d' Os Lusíadas, onde faz referência à «...mísera e mesquinha, que depois de ser morta foi rainha...». Foi amante e declarada postumamente esposa legítima de Pedro I de Portugal. A sua desventurada vida e controvertido casamento ainda faz com que historiadores se debrucem sobre o caso, procurando indícios se houve ou não um casamento.


Romeu e Julieta

Romeu e Julieta é uma das maiores obras da literatura mundial, tendo sido traduzida para vários idiomas. Foi escrita no século XVI pelo escritor inglês William Shakespeare e há centenas de adaptações teatrais e cinematográficas da obra

Os Montecchi e os Cappelletti, duas famílias ilustres de Verona, eram inimigos figadais. Romeu, filho de Montecchi, namorava Rosalina. Mas, ao assistir disfarsado a uma festa em casa dos Cappelletti, apaixonou-se por Julieta. Depois da festa viram como o amor era mútuo e combinaram casar em segredo, o que viria a acontecer com a ajuda de Frei Lourenço.

Mercutio, amigo de Romeu, encontrou Tebaldo da família Cappelletti, furioso e agressivo por ter visto Romeu na festa em sua casa. Romeu responde amistosamente com palavras que deixam subentender o parentesco que já existe entre eles. O seu amigo Mercutio não aceita a submissão de Romeu e desembainha a espada. É morto por Tebaldo, e Romeu acaba por entrar também na contenda, matando, por sua vez, Tebaldo e sendo posteriormente condenado ao desterro.

Depois de passar a noite com Julieta, Romeu deixa Verona e vai para Mântua. Frei Lourenço julga ser a hora de tornar público o matrimónio, pois o pai de Julieta queria obrigá-la a casar com o Conde Paris. O frade aconselha-a a tomar um narcótico que a deixará como morta durante 48 horas. Avisará Romeu, que irá buscá-la ao sepulcro e a levará para Mântua, onde serão felizes para sempre. Todavia, a mensagem nunca chega a Romeu, pois Frei Lourenço é detido no caminho.

Romeu, que toma conhecimento da morte de Julieta, compra um veneno forte e dirige-se ao sepulcro para ver a sua amada, o que consegue depois de matar em duelo o Conde Paris.

Romeu beija Julieta e bebe a taça com o veneno. Quando a sua amada acorda e vê Romeu envenenado, percebe que os planos falharam e, não encontrando sentido para a vida, apunhala-se a si mesma. Quando Frei Lourenço chega, a tragédia já está consumada. Tomando conhecimento do ocorrido, as famílias, comovidas com tão grande amor, reconciliam-se finalmente.

O beijo

Os beijos são a primeira estratégia de sedução. Depois de muitos olhares e palavras, o beijo é o primeiro passo para o contato físico

Doce
A suavidade dos lábios e a ternura dos movimentos são a estratégia principal. Carícias na face e na nuca também são extremamente importantes, porque conseguem derreter qualquer pessoa.


Arrebatador
Um beijo suave que parece uma mordida nos lábios. As mãos acariciam a nuca e depois a língua toca na área atrás das orelhas. Esta tática consegue animar qualquer pessoa, porque a sensibilidade das orelhas é altíssima.

Apaixonado
Estes beijos são adequados única e exclusivamente para momentos super apaixonados. Começa com um beijo de língua simples e vai aos poucos entrando em sintonia, transformando um beijo que seria considerado arrebatador numa ocasião super excitante. E, claro, eles não duram menos que 15 minutos...

Poemas de Amor

Transforma-se o amador na cousa amada
Transforma-se o amador na cousa amada,
Por virtude do muito imaginar;
Não tenho logo mais que desejar,
Pois em mim tenho a parte desejada.

Se nela está minha alma transformada,
Que mais deseja o corpo de alcançar?
Em si sómente pode descansar,
Pois consigo tal alma está liada.

Mas esta linda e pura semideia,
Que, como o acidente em seu sujeito,
Assim co'a alma minha se conforma,

Está no pensamento como ideia;
[E] o vivo e puro amor de que sou feito,
Como matéria simples busca a forma.

Luis de Camões

Os versos que te fiz
Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que a minha boca tem pra te dizer!
São talhados em mármore de Paros
Cinzelados por mim pra te oferecer.

Têm dolência de veludos caros,
São como sedas pálidas a arder...D
eixa dizer-te os lindos versos raros
Que foram feitos pra te endoidecer!

Mas, meu Amor, eu não tos digo ainda...
Que a boca da mulher é sempre linda
Se dentro guarda um verso que não diz!

Amo-te tanto! E nunca te beijei...
E nesse beijo, Amor, que eu te não dei
Guardo os versos mais lindos que te fiz!

Florbela Espanca

História São Valentim...

Existem várias teorias relativas à origem de São Valentim e à forma como este mártir romano se tornou o patrono dos apaixonados. Uma das histórias retrata o São Valentim como um simples mártir que, em meados do séc. III d.C., havia recusado abdicar da fé cristã que professava. Outra defende que, na mesma altura, o Imperador Romano Claudius II teria proibido os casamentos, para assim angariar mais soldados para as suas frentes de batalha. Um sacerdote da época, de nome Valentim, teria violado este decreto imperial e realizava casamentos em sigilo absoluto. Este segredo teria sido descoberto e Valentim teria sido preso, torturado e condenado à morte. Ambas as teorias apresentam factores em comum, o que nos leva a acreditar neles: São Valentim fora um sacerdote cristão e um mártir que teria sido morto a 14 de Fevereiro de 269 d.C.


Quanto à data, algumas pessoas acreditam que se comemora neste dia por ter sido a data da morte de São Valentim. No entanto, outros reivindicam que a Igreja Católica pode ter decidido celebrar a ocasião nesta data como uma forma de cristianizar as celebrações pagãs da Lupercalia. Isto porque, na Antiga Roma, Fevereiro era o mês oficial do início da Primavera e era considerado um tempo de purificação. O dia 14 de Fevereiro era o dia dedicado à Deusa Juno que, para além de rainha de todos os Deuses, era também, para os romanos, a Deusa das mulheres e do casamento. No dia seguinte, 15 de Fevereiro, iniciava-se assim a Lupercalia que celebrava o amor e a juventude. No decorrer desta festa, sorteavam-se os nomes dos apaixonados que teriam de ficar juntos enquanto durasse o festival. Muitas vezes, estes casais apaixonavam-se e casavam. No entanto, e como aconteceu com muitas outras festas pagãs, também a Lupercalia foi um 'alvo a abater' pelo cristianismo primitivo. Numa tentativa de fazer uma transição entre paganismo e cristianismo, os primeiros cristãos substituíram os nomes dos enamorados dos jogos da Lupercalia por nomes de santos e mártires. Assim, conciliavam as festividades com a religião que professavam, aumentando a aceitabilidade por parte dos Romanos. São Valentim não foi excepção e, como tinha sido morto a 14 de Fevereiro, nada melhor para fazer uma adaptação da Lupercalia ao cristianismo, tornando-o como o patrono dos enamorados.